Como colorir melhor com lápis de cor (iniciantes)

Desenho de menino cartoon com tamagotchi na mão sorrindo

O que fazer para melhorar a qualidade das nossas pinturas com lápis de cor e materiais baratos?

Bom, há vários motivos que fazem com que o resultado dos nossos desenhos coloridos não se pareça tão legal assim, e boa parte deles você consegue colocar em prática ainda hoje, mesmo que nunca tenha colorido com lápis de cor antes.

#1 - Superfície plana e lisa

Imagem mostrando desenho com lápis de cor feito em cima de superfície cheia de riscos

É comum a gente utilizar um caderno ou mesa qualquer para colorir, mas algumas superfícies possuem textura ou ranhuras que vão comprometer o seu trabalho.

Como as folhas são finas e vamos pressionar o lápis no papel, vai acontecer de surgir marcas no seu desenho que atrapalham a estética final do seu trabalho, por isso evitamos superfícies macias, ou as duras que estejam danificadas.

Se você tiver mesa de vidro em casa pode ser o lugar perfeito para colorir, mas caso não tenha, a maneira mais eficaz de contornar isso é comprar em qualquer papelaria uma prancheta dessas de MDF ou acrilico. É uma opção barata e eficaz.

Com uma prancheta você tem uma superfície plana, dura, livre de imperfeições, e ainda pode transportar facilmente para qualquer outro local.

Outra dica é utilizar pelo menos duas folhas de papel embaixo da sua folha principal, dessa forma você evita que o pouco de textura que tenha na superfície que você está utilizando afete o papel do seu desenho, e ainda consegue uma pintura mais suave.

#2 - Ponta do lápis

Imagem mostrando lápis de cor azul com ponta longa e fina e ponta curta e grossa

Não sei se para economizar o lápis, por não conseguir fazer a ponta ou por preguiça mesmo, mas evitar apontar o lápis de cor não é uma boa opção. Ter pontas afiadas e longas para trabalhar é que vai te proporcionar um resultado melhor e economia de material.

Quando temos pontas finas o lápis consegue preencher melhor os sulcos que tem no papel, ou seja, ele vai penetrar melhor no papel e proporcionar um pintura mais uniforme. Com isso conseguimos um acabamento muito melhor no nosso trabalho.

As pontas longas (em especial as feitas com uso do estilete) também vão proporcionar uma durabilidade maior a mina do lápis, evitando assim que você aponte ele a todo instante ou quebre com facilidade.

Do contrário, as pontas grossas e curtas tem mais dificuldade em penetrar no papel e desgastam com maior facilidade o lápis. Então se o objetivo era economizar, o efeito é o contrário.

Portanto “economizar” não apontando o lápis não é interessante a menos que você esteja disposto a ter pinturas ruins.

#3 - Formas de segurar o lápis

Imagem mostrando maneiras de como segurar o lápis para colorir com desenho cartoon azul no papel

Como você segura o seu lápis? Já parou para pensar nisso?

A forma mais comum é segurar o lápis bem próximo da ponta dele, e no início é fácil exagerar ao ponto de segurar quase em cima da ponta. Isso além de atrapalhar a visualização do que você está fazendo, ainda faz com que naturalmente a gente acabe pressionando um pouco mais o papel.

Por outro lado segurar mais próximo da ponta do lápis vai te proporcionar mais precisão, o que é ideal para detalhamento.

Agora quando seguramos o lápis mais distante, um pouco mais para o meio dele, temos mais leveza ao fazer os riscos, e isso é interessante na hora de colorir em várias camadas até chegar na cor desejada. Assim evitamos pressionar demais nas horas erradas.

Podemos usar as duas formas, só é preciso saber em que momento você vai mudar a pegada do lápis, se quando necessitar de mais precisão ou quando estiver preenchendo áreas maiores e sombreando.

#4 - Pressão aplicada e camadas de cor

Imagem mostrando maneiras de colorir com camadas e forçando o lápis no papel com desenho cartoon em cor vermelho com corações fofos

Nossos primeiros desenhos coloridos são feitos com tanta força a ponto de estragar o papel, sabe quando o papel fica todo ondulado? É por aí. E tudo isso porque achamos que precisamos disso para conseguir a cor mais vibrante e escura do nosso lápis, e na verdade o resultado é um acabamento áspero.

Quando apertamos muito o lápis no papel:

  • gastamos mais rapidamente a ponta do lápis;
  • podemos quebrar a ponta com facilidade;
  • não conseguimos fazer um sombreamento interessante e nem mesclar as cores direito;
  • estragamos o nosso papel, principalmente quando trabalhamos com os mais comuns e finos como um 75g/m²;
  • e o resultado é um desenho todo marcado.

O ideal é trabalhar através de camadas de cor, ou seja, fazendo uma sobreposição de cores até chega na cor desejada (e não de uma única vez pressionando o lápis com toda a força no papel). Dessa forma conseguimos uma pintura mais uniforme.

#5 - Direção dos traços e movimento

Imagem mostrando colorização e direção dos traços

Sentido dos traços

Em conjunto com a dica anterior você pode pensar também no movimento e direção que os traços vão ter, e de uma maneira geral é importante não ficar mudando muito a direção para todos os lados.

Escolha um sentido e preencha com uma camada, depois mude a direção e preencha com outra camada. Dessa forma você também consegue preencher o máximo de branco do papel possível sem deixar marcas no desenho.

Também considere o sentido do objetos, fios ou textura que você está fazendo, isso pode ajudar a tornar as coisas mais convincentes.

Movimento dos traços

Imagem mostrando movimentos básicos para colorizar com desenho cartoon divertido em cor laranja desenhado no papel

Quanto ao movimento existem 3 movimentos mais básicos que você pode tentar das próximas vezes: circular, vai e vem e aperta e puxa.

O que você mais vai utilizar provavelmente no início para preencher as coisas de uma maneira uniforme, são os movimentos circulares. É uma boa forma de preencher melhor os brancos do papel ao poucos.

O de vai e vem vai ajudar a preencher áreas maiores, lembrando sempre de não apertar muito o lápis no papel. E o aperta e puxa é bem comum em desenhos realistas de fios de cabelo ou pêlos, mas ambos podem ser utilizados em outras situações também.

#6 - Lápis branco

Imagem mostrando lápis de cor branco e desenho com mistura de cor com o branco

O lápis de cor branco também é útil em diversas situações:

  • serve para fazer desenhos em papel escuro;
  • ajuda a mesclar melhor as cores, ou seja, ajuda na mistura de cores;
  • dá aquela ajudinha na remoção dos pontinhos brancos do papel também;
  • e suaviza as cores (ex: se passar o branco em cima do vermelho conseguimos vermelho mais suave);

#7 - Faça testes de cores

Imagem mostrando teste e preparação com várias cores antes de colorir

Para não correr o risco de estragar o desenho faça testes em uma outra folha de papel antes de começar a colorir, isso vai te ajudar a escolher antes mesmo de iniciar a pintura: quais combinações, misturas e lápis de cor você vai usar em todo o desenho.

Fazer isso além de ajudar a prevenir erros, vai agilizar o seu processo de pintura depois que der o start.

Conclusão

Bom, existem muitas outras formas de melhorar o resultado das suas pinturas no papel com lápis de cor, desde o uso de outros materiais até aplicação de técnicas e conhecimentos como o estudo das cores. Mas para um iniciante estas dicas vão ser importantes para dar início a jornada.

No final, acrescenta a esta lista de 7 dicas de como colorir melhor com lápis de cor, a paciência. Colorir é uma atividade que exige muito tempo, dedicação e paciência, principalmente quando você quer alcançar resultados cada vez melhores.

Por isso esteja pronto para encarar horas e horas para colorir um único desenho. E esteja disposto a estudar e praticar bastante para evoluir.

Desafio você a colorir este desenho!

Lancei um desafio no canal Desenhando com Mack de colorir este desenho que eu fiz. Você pode baixar ele clicando aqui e depois me enviar postando como publicação sua no seu Instagram e marcando na descrição a #desenhandocommack.

Também tem ele sem óculos aqui.

Vambora?

É uma ótima oportunidade para colocar em prática estas dicas. Te aguardo :)

Que tal também compartilhar com a gente outras dicas que você tem aqui embaixo nos comentários? Dessa forma conseguimos trocar mais informações e reunir ainda mais conhecimento.